Mentoria Cindes Jovem recebe o empresário Geraldo Casasco

O presidente da Perfil Alumínio S/A compartilhou suas experiências como empreendedor com os membros da entidade na noite dessa terça-feira (13)

De uma empresa de recolhimento e revenda de sucata a uma das maiores do setor de alumínio do país, o empresário Geraldo Casasco, presidente da Perfil Alumínio S/A, compartilhou com jovens empresários capixabas sua experiência como empreendedor na noite dessa quarta-feira (13), pelo projeto Mentoria Cindes Jovem. Além do sucesso nos negócios, Geraldo enfatizou a importância da sucessão familiar nas grandes empresas. Realizado mensalmente, inserido na pauta da reunião ordinária do Cindes Jovem, o projeto traz empresários e executivos para dividirem suas experiências e conhecimentos com os membros da entidade.

“O trabalho nunca representou um fardo para mim. Muito pelo contrário. Foi o que me permitiu arriscar e inovar. Em alguns casos, o negócio não deu certo, mas serviu de experiência para chegarmos ao resultado que vemos hoje na Perfil Alumínio S/A”, destacou Geraldo Casasco. “Tanto é que, quando estourou a crise no Brasil em 2015, nós fomos até premiados como a única empresa do setor de aço e alumínio que não baixou seu faturamento. Pelo contrário, enxergamos oportunidades na crise”, disse.

Geraldo Casasco iniciou sua trajetória no setor de aço e alumínio ao entrar em sociedade numa empresa de recolhimento e revenda de sucata em Santos (SP). Seu ‘faro’ para negócios o fez vir para o Espírito Santo, por indicação de um amigo que viria a ser seu sócio no início do empreendimento. “Percebi que os donos de depósitos de sucata não sabiam para quem exatamente vender seu produto. Porém, eu já tinha conhecimento do mercado, e optamos por atender ao atacado. A partir dessa experiência, por volta de 20 anos atrás, iniciamos as atividades da Perfil S/A em Viana (ES) e não paramos mais de crescer”, lembrou o empresário.

Ao longo de sua apresentação, Geraldo Casasco detalhou a trajetória da empresa, que atualmente ocupa o 63º lugar no ranking divulgado pelo Anuário IEL 200 Maiores Empresas do Espírito Santo. “Talvez o motivo de a nossa empresa ser o que é hoje resida no fato de comercializarmos cerca de 70% dos produtos da Perfil para outros Estados. Se não tivéssemos expandido nosso campo de atuação alguns anos atrás, hoje talvez já teríamos dispensado metade de nossos funcionários”, avaliou ele.

DSC_0198 – Ao final da apresentação, Geraldo Casasco recebeu do presidente do Cindes Jovem, Vítor Lomba,um exemplar do livro do projeto Contando Histórias, que é uma realização do Cindes

Sobre as dificuldades de ser empreendedor no Brasil, Geraldo Casasco foi taxativo. “A burocracia é o nosso maior empecilho. Temos uma carga tributária altíssima, que se soma aos entraves burocráticos, que mudam ou se acumulam o tempo inteiro. Não gosto de ficar reclamando disso ou daquilo, pois sempre olho para a frente, nunca fico me lamentando. Mas realmente nesse aspecto o país precisa ainda evoluir muito”, explicou.

“O Brasil precisa é de jovens empreendedores, como os que vejo aqui nesta reunião”, ressaltou Geraldo, ao final de sua apresentação. “É por isso que estou investindo numa capacitação especializada em sucessão familiar na minha empresa. Graças a Deus, meus três filhos começaram lá dentro muito cedo, entre 15 e 16 anos, e agora isso faz toda a diferença, pois eles têm paixão e comprometimento com o nosso negócio”, finalizou o diretor-presidente da Perfil Alumínio S/A.

Por Fabio Martins