Lideranças discutem implantação de programa da Endeavor de incentivo ao empreendedorismo no Espírito Santo

O diretor geral da Endeavor Brasil, Juliano Seabra, se reuniu com lideranças de diferentes instituições do Estado em encontro promovido pelo Centro da Indústria do Espírito Santo (Cindes) na manhã desta sexta-feira (1º). Seabra detalhou o sucesso da Endeavor, presente em 50 cidades e 28 países, e discutiu a implantação do Scale-Up no Espírito Santo.

O programa de mentoria da Endeavor busca acelerar o crescimento das empresas com “alto poder de transformação”, ressaltou o diretor-geral. “O Brasil tem muitos empreendedores, mas falta preparo e experiência para quem abre um negócio. Nosso objetivo é identificar bons exemplos e disseminar em escala o aprendizado de quem foi bem sucedido”, argumentou Seabra.

O evento teve a participação de representantes de Findes, Transcares, Ibef, Líderes do Amanhã, Sebrae, ES em Ação, Governo do Estado, Sicoob e Bandes. Para o presidente do Sistema Findes, Léo de Castro, o encontro marcou o primeiro passo da implantação do programa Scale-Up no Estado. “Reunimos diferentes setores da economia capixaba com o mesmo objetivo: estimular o empreendedorismo no Estado”, resumiu.

Como funciona?

No ano passado, o programa Scale-Up atendeu mais de 200 empresas, atingindo um faturamento de R$ 1,5 bilhão e gerando 10 mil empregos. O programa busca empresas que apresentem grande potencial de crescimento, tenham um modelo de negócios comprovado pelo mercado, com caráter inovador e diferenciais competitivos claros.

Com apoio de um grupo de mentores – formado por empresários de sucesso que disponibilizam horas de consultoria para as empresas – o programa avalia a escalabilidade do negócio, bem como sua viabilidade para expansão. “O processo de seleção é longo, dura meses, mas nos garante identificar empresas que estejam no momento certo para escalar”, avalia Seabra.

 

Por: Rafael Porto